Cultura

Louvre em dobro

Super novidade para quem ama arte. O Museu do Louvre agora tem uma filial, o Louvre Lens.

Inaugurada no último dia 4, e aberta ao público no dia 12 em Lens, uma cidade ao norte da França, a unidade vai expôr obras que estavam guardadas no acervo do museu em Paris. Coisa pouca… alguns Botticelli, Rubens, ” A virgem e o menino com Santa Ana”, de Da Vinci, “A Liberdade guiando o povo”, de Delacroix e “Retrato de Baltasar Catiglione”, de Rafael.

A primeira exposição que vai brilhar aos olhos do público é toda dedicada ao Renascimento, e traz algumas obras que ficam no museu da capital da França, mas o museu sempre contará com mostras permanentes, temporárias e alternadas, como o Louvre original. Nos primeiros 5 anos acontecerá uma exposição cronológica com algumas das principais obras do museu, divididas em períodos: Antiguidade- 70 quadros / Idade Média- 45 obras / Idade Moderna- 90 quadros.
 
O Louvre de Lens fica no alto de uma colina e foi projetado pela dupla de arquitetos japoneses, Ryue Nishizawa e Kazuyo Sejima, do estúdio Sanaa. O prédio é todo feito em vidro e alumínio, uma construção térrea, de fácil acesso, com 5 espaços retangulares feitos com metal e revestidos de alumínio polido, o que possibilita aos visitantes ver o céu e o parque refletidos no museu. Ideia bem diferente do Louvre de Paris, que é todo classicão.

O objetivo do projeto em Lens é revitalizar a região, numa iniciativa parecida à da Espanha, que tem uma unidade do Guggenheim em Bilbao.


Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s